Estilo, moda, beleza, comportamento, cultura, arte, lazer e muito mais.

Sexualidade infantil

Oi pessoal!

Hoje o assunto é bem sério, pois, me chocou saber que uma menina de 12 anos de idade, participante do Master Chef Junior despertou interesse sexual em homens maduros. Para o mundo que eu quero descer!!!

O blog está sempre voltado à diversão mas hoje, tenho obrigação de falar sobre algo que incomoda todas nós, mulheres, o abuso sexual.

Quem foi que disse que homem “que é homem”, tem o direito de falar o que quiser para uma mulher? Quem foi que disse que gostamos de ouvir palavrões e barbaridades quando saímos às ruas?

Que tipo de educação estamos dando aos nossos meninos? A de que mulher só merece respeito se jamais usar roupas justas, curtas, ou se não for tão bonita?!

Sou absolutamente contra os movimentos feministas que pregam o ódio aos homens, acho um contra senso enorme. Mas, por favor, quem são os homens que tem a coragem de desejar sexualmente uma criança?! Quem são os homens que se acham no direito de mexer com uma menina ou mulher, lhe falando as piores obscenidades?

Sejam realistas. São nossos filhos!!!

Todos os homens tiveram uma mãe. Onde nós estávamos que não deixamos bem claro na cabecinha desses meninos que homens devem tratar com respeito o sexo oposto?

Se você é do tipo que acha que existe menina para casar e menina para se divertir, parabéns! Você está criando futuros estupradores e abusadores.

Chega disso! Cabe a nós, mulheres mudar esse quadro, educando nossos meninos para terem respeito às mulheres.

Os pais (os homens) tem a mesma obrigação na educação dos meninos mas a maioria recebeu educação machista… Sendo assim, moças, precisamos agir.

Me chocou e me causou náuseas ler comentários masculinos na internet a respeito da menina de 12 anos que participa do Master Chef Júnior Brasil. Gente é uma criança!!! Poderia ter corpão, poderia usar roupas provocantes  mas é uma menina de 12 anos!!! Nem confundida com uma adolescente ela poderia ser! É doentia uma mente que consegue sexualizar a imagem de crianças e adolescentes.

Vamos tentar mudar a cabecinha dos nossos meninos agora, para que as nossas meninas tenham um futuro com mais igualdade e respeito.

Me desculpem o desabafo mas esse espaço trata de comportamento, também.

Tema para pensar no fim de semana.

Bjs, Patrice Fróes

Deixe uma resposta